Estudantes do Unilavras desenvolvem aquecedor solar com garrafas pet

A conscientização sobre a importância da economia de energia está cada vez mais presente no dia a dia da população. Porém, a maioria das técnicas de economia de energia requer um alto investimento inicial. Para favorecer as famílias de baixa renda de Lavras, alunos do curso de Engenharia Civil do Unilavras desenvolveram um aquecedor solar com garrafas pet.

O trabalho foi dividido em etapas. Os alunos utilizaram forro de PVC, garrafas pet e caixinhas de leite para confeccionar o aquecedor. Fizeram a montagem dos materiais, componentes e analisaram o desempenho. Após aprovado, eles escolheram as residências para instalação do equipamento ecologicamente correto.   

“Vários trabalhos já realizados por pesquisadores do Brasil comprovaram a eficiência custo/benefício dos aquecedores de baixo custo”, explica professora do curso de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, Flávia Castro de Faria que é responsável pelo projeto de extensão.  

Aquecedor ecologicamente correto

Para confeccionar o aquecedor de garrafas pet foi utilizado o sistema de aquecimento solar de água por termossifão, no qual não há utilização de bomba. O processo utiliza coletores solares (placas de absorção feitas de garrafas pet), reservatório térmico (caixa d’água) e tubulação para circulação da água e outros. O objetivo final do projeto é a doação de aquecedores solares para famílias de baixa renda.