Projeto de extensão do Unilavras “Pé em dia = Pé com vida” reabre atendimento à comunidade

Desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde das pessoas com diabetes mellitus. Esses são os principais objetivos do projeto de extensão “Pé em dia = Pé com vida”, desenvolvido pelas professoras Ana Cláudia Barbosa Honório Ferreira e Estefânia Aparecida de Carvalho Pádua, em conjunto com os alunos do curso de Enfermagem do Unilavras.

“O projeto visa o atendimento clínico da pessoa com diabetes. Nós orientamos o paciente, fazemos o acompanhamento clínico que vai desde a alimentação até a mudança no estilo de vida. E esse processo tem a participação dos alunos”, explica professora Ana Cláudia.

O exame é feito na Clínica de Enfermagem do Unilavras e é aberto ao público interno e externo. A paciente Joana Darque Silva, de 43 anos (veja foto galeria) mora em Nepomuceno. Portadora da doença, ela veio em busca de orientações e de uma melhor qualidade de vida. 

“Nós iniciamos esse projeto em agosto de 2018. A nossa intenção é oferecer um atendimento humanizado para a comunidade; e preparar os nossos alunos para o mercado trabalho com aulas práticas, processos interdisciplinares que facilitam o ensino-aprendizagem”, diz professora Estefânia.

Os alunos Yasmin Silva Almeida (5º período), Thays Aparecida Irios (5º período) e Nivaldo Rosa de Novaes Júnior (8º período) estão no projeto desde o início. Para os graduandos de Enfermagem a prática amplia os conhecimentos tanto para o mercado de trabalho quanto para o desenvolvimento de pesquisas na iniciação científica.

O aluno interessado no projeto precisa participar de uma capacitação, que é oferecida pelo curso de Enfermagem. Depois ele tem que se inscrever no processo seletivo. Podem participar alunos matriculados no curso de Enfermagem.

O exame clínico é gratuito e indolor. As consultas são realizadas todas as terças e quintas-feiras, às 14h, na Clínica de Enfermagem, sob agendamento prévio. Os telefones de contatos são 35 3694-2076 ou 9 8837-2495.

O que é diabetes?

O diabetes mellitos (DM) é uma doença metabólica, e caracterizada pela elevação da glicose no sangue. As complicações podem trazer sérios problemas nos olhos, rins, nervos, cérebro, coração e vasos sanguíneos.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de pessoas com a doença no Brasil é de 16 milhões. A pesquisa aponta um crescimento de 61,8%, nos últimos dez anos. No mundo o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking como o país que tem o maior número de casos da doença, fica atrás apenas da China, Índia e Estados Unidos.

Obesidade, sedentarismo, má alimentação tem sido as principais causas do aparecimento da diabetes. Se não cuidada, a doença pode levar a amputações, infartos, derrames e sérios problemas renais.

O termo pé diabético é usado para nomear as diversas alterações e complicações que podem ocorrer nos pés e outros membros inferiores das pessoas portadoras da doença.

“Estima-se que uma em cada quatro pessoas com diabetes pode ter problemas nos pés ao longo da vida. Segundo o Ministério da Saúde, 70% das cirurgias para amputação de membros inferiores, como pernas, pé ou dedos dos pés, têm como causa o diabetes mal controlado, totalizando quase 55 mil amputações anuais no Brasil”. (dados da Sociedade Brasileira de Diabetes, 2019).

 A melhor forma é a prevenção. Busque sempre realizar exames de rotina e, em caso de confirmação da doença procure um profissional da saúde que dará as orientações adequadas. A diabetes pode ser controlada, desde que a pessoa siga as recomendações médicas.