Mobilização no Unilavras lembra Dia Mundial de Conscientização do Autismo

O Dia Mundial do Autismo é comemorado todo 02 de abril. A data tem como objetivo conscientizar a população sobre o Autismo. Segundo estimativa da Organização das Nações Unidas – ONU, o transtorno afeta 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

Na noite dessa terça-feira (02), alunos do 8º e 9º períodos do curso de Psicologia do Unilavras lembraram a data no hall de entrada da instituição. Os estudantes fizeram panfletagem, atividades que despertaram e sensibilizaram a comunidade acadêmica para a importância do dia.

Os estudantes dividiram a ação em três momentos: exposição de grandes personalidades mundiais portadoras do transtorno, mitos e verdades sobre o autismo e informações sobre a Associação Contato de Lavras. O Autismo atinge quase 2 milhões de brasileiros e nas crianças o transtorno é mais comum. “O objetivo da temática foi apresentar o que é o autismo, a importância do diagnóstico precoce e como identificar os principais sintomas”, diz o professor responsável pela atividade Murilo Freitas Bauth.

Para os graduandos Maycon Pádua Reis, Iara Pereira e Guilherme Inácio Ferreira Nogueira, as pessoas não sabem identificar o transtorno e acreditam em muitos mitos. A intenção deles não foi apenas conscientizar, mas mostrar para a comunidade que as pessoas com autismo têm direitos fundamentais e garantidos como todos os outros.

Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) também chamado de Desordens do Espectro Autista (DEA ou ASD em inglês), envolve diferentes síndromes que vão desde comportamentos com dificuldades em menor ou maior grau. Os principais sintomas de um autista são: dificuldades para se comunicar (fala), no uso da imaginação, socialização e comportamento repetitivo. Toda gradação, tanto a mais leve quanto à mais grave, há dificuldades de comunicação e relacionamento social.

Dia Mundial de Conscientização do Autismo

A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 18 de dezembro de 2007, com o objetivo de alertar a sociedade geral sobre o transtorno, tentar acabar com o preconceito, conscientizar e mostrar para as pessoas como lidar com a deficiência.