Resultado do ENEM: e agora?

Você já conferiu a sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)? Os resultados estão disponíveis na página do INEP para os candidatos que participaram das versões regular e da reaplicação. E para além de testar suas habilidades em linguagens, ciências da natureza, matemática e humanidades, o ENEM é a forma mais comum de se conseguir a tão sonhada vaga em uma faculdade. Aqui no Unilavras você tem a chance de começar a estudar por meio de diversas formas de ingresso, confira aqui no Blog!

Cada oportunidade de ingresso tem suas próprias regras e vamos explicar as condições aqui. Elas também valem para outras Instituições de Ensino espalhadas por todo o Brasil e até mesmo no Exterior, sabia? Vale lembrar que em algumas situações, é preciso que você tenha participado da edição mais recente do ENEM. Vamos lá?

#PartiuUsarANotadoENEM

 

PROUNI

Sabe aquela bolsa de estudos que você sempre sonhou em uma Instituição de Ensino particular? Com o Programa Universidade para Todos (Prouni) você tem a oportunidade de conquistar! O Prouni é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e oferece bolsas integrais e parciais em faculdades particulares.

Mas, Uni, quem pode concorrer?

Os candidatos aptos à uma bolsa do Prouni, são aqueles que cursaram integralmente o Ensino Médio em escolas públicas. Além disso, quem foi bolsista integral em colégios particulares também podem participar. Entre os critérios de análise, estão a renda familiar que não pode exceder 3 salários mínimos.

Entenda as bolsas:

Bolsa integral: renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Com essa bolsa, o aluno não pagará as mensalidades da faculdade.

Bolsa parcial: para ter direito à bolsa, o aluno precisa comprovar renda per capita de 1,5 a 3 salários mínimos. O aluno vai pagar metade da mensalidade com esse tipo de bolsa.

 

FIES

Outro programa do MEC que garante o ingresso de estudantes no Ensino Superior é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Com o FIES, o governo federal paga parte das mensalidades de estudantes em universidades e faculdades privadas, com a contrapartida de os beneficiários quitarem o financiamento após a formatura.

O valor do crédito concedido pode variar de 50% a 100% da mensalidade do curso escolhido. Assim como no Prouni, no FIES a renda familiar também é um critério para a concessão, dando a possibilidade de juros zeros de acordo com a escala do programa.

E quem pode participar, nesse caso?

Bom, no FIES o concorrente precisa ter feito qualquer edição do ENEM a partir de 2010, desde que tenha alcançado uma média mínima de 450 pontos nas cinco áreas do conhecimento e nota superior a zero na redação. Simples, né? E vale lembrar que a renda também é avaliada no FIES: o candidato deve possui renda familiar de até 3 salários mínimos por pessoa para poder concorrer a esta forma de ingresso no Ensino Superior.

 

Sem vestibular!

Muitas faculdades privadas no Brasil, inclusive o Unilavras, oferecem desconto na matrícula para os candidatos que ingressarem em um curso superior utilizando a nota do ENEM. O desconto varia de acordo com a nota, sabia? Então, quanto maior for a sua média, maior o desconto!

Aqui no Unilavras você pode conferir essa oportunidade na página do Vestibular e já aproveitar a sua chance de ingressar ainda nesse semestre! Vem com a gente!

 

SISU

Além das faculdades privadas, o ENEM também é uma das formas de acesso às instituições públicas. Com o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o estudante pode concorrer a uma vaga em cursos superiores de todo o país. Para isso, é preciso estar dentro da nota de corte do curso em questão, ou seja, precisa ter obtido uma nota igual ou maior à nota mínima definida para aquele curso.

Para participar é preciso ter participado da edição mais recente do Enem e ter tirado nota superior a zero na redação. O candidato não pode ter participado da edição como “treineiro”, como é o caso de alunos que não concluíram o ensino médio e fazem o Enem para testar o seu desempenho.